Skip to content

Como vender serviços de Personal Trainer

Este artigo é mais direcionado a ginásios e como podem vender serviços de Personal Trainer aos seus membros mas, caso seja um PT a ler, de certo também encontrará dicas úteis para utilizar e vender os seus serviços.

Ambos sabemos que treinar com um Personal Trainer permite que atinjamos os nossos objetivos mais rapidamente, eficazmente e, principalmente, sem nos aleijarmos. Mas por qualquer razão são raras, se não mesmo inexistentes, as vezes que sugere aos seus membros para contratar um Personal Trainer.

“Vender serviços de Personal Trainer não é o meu foco”

É algo que oiço donos de ginásios a dizer regularmente. Sim é verdade, a maior parte do lucro do serviço é para o Personal Trainer mas, por mais pequena que seja a parte do ginásio, sempre é mais do que 0€.

Para além de que o grande foco não é o rendimento extra que ele pode gerar, mas sim os resultados consequentes.

Já foi falado neste nosso artigo que a principal preocupação do ginásio é cuidar e manter os seus membros satisfeitos. Quanto mais satisfeitos, menos é a probabilidade de cancelarem a subscrição. Logo, se obtiverem resultados ao treinar com um Personal Trainer é muito menos provável que cancelem a sua subscrição.

Aliás, muito provavelmente até recomenda o ginásio aos seus conhecidos.

Passo 1 – avisar toda a gente que existe esse serviço

Pode parecer simples mas espanta-me a quantidade de vezes em que, qualquer empresa, não só ginásios, diz que não consegue vender algo e quando lhes pergunto a quantas pessoas disseram que vendiam esse serviço, respondem ninguém…

Ter o serviço não basta, é preciso promovê-lo, falar sobre ele, perguntar às pessoas se lhes interessa.

Nem toda a gente vai querer e não faz mal. Também não pode aceitar toda a gente.

Mas tem de aceitar alguém e para isso tem de promover o serviço!

Passo 2 – Oferecer uma sessão de treino

Num mundo ideal bastaria dizer os valores e os benefícios e seria o suficiente para quererem comprar.

Mas a realidade é que muito raramente isso irá acontecer. Grande parte das pessoas irão querer experimentar antes de se comprometerem com o serviço. Vão querer ver se realmente é assim tão diferente. Se sentem a diferença para um treino normal.

A melhor maneira de o fazer é oferecendo uma sessão de treino gratuita para que possa experimentar. É depois o seu trabalho fazer essa pessoa perceber a diferença!

Passo 3 – Converter em venda

Não há muito a dizer sobre este ponto…

Após saberem sobre o serviço, experimentarem o treino e verem os benefícios, é altura de converter em venda.

Dica: Transforme o serviço num produto

Em vez de vender um serviço de Personal Trainer à hora ou ao treino, experimente antes vender um produto. Um pack de 10 treinos por exemplo ou um programa de resultados garantidos.

Basta definir um público alvo, criar um plano de treinos, listar os resultados que é possível obter, o valor e um nome.

Por exemplo:

Programa -10 kg. Um programa de 10 sessões destinado a pessoas com mais de 100kg e queiram perder 10kg em 6 semanas. O valor é X€.

E está feito. Agora é só promover o seu produto!

Resumindo

Para um ginásio, o grande benefício de vender serviços de Personal Trainer não é o valor que advém do serviço, mas sim os resultados que o membro obtém e a sua satisfação.

O primeiro passo é avisar toda a gente que existe o serviço, a seguir oferecer uma sessão de treino grátis para que possam experimentar e no fim converter em venda.

Para obter ainda mais resultados, crie antes um produto com nome, preço, plano, público alvo e resultados definidos. É muito mais fácil de vender, de realizar (o plano é “sempre” igual) e sabe que consegue cumprir com os objetivos de quem compra o serviço.

Próximos passos

Entretanto diga-me na caixa de comentários em baixo:

Já vende serviços de Personal Trainer? Se sim, vai mudar algo depois de ter lido este artigo?

Fábio Nunes

Customer Success Manager
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!