Importância do Team-building com os seus membros

Uma forma de garantir que os seus membros sem mantém no ginásio durante mais meses, é criando uma comunidade. Um sítio em que não se sintam apenas mais um cliente, mas que pertençam a um grupo de pessoas que pensam e gostam das mesmas coisas.

Hoje quero-lhe falar sobre 3 estratégias para criar esse efeito de Team-building entre os seus membros.

Inscrevem-se pelos resultados, ficam pela comunidade

Seja no ginásio, ou qualquer outra “comunidade”, geralmente, entramos por uma razão nossa (atingir objetivos, aprender algo, melhorar numa atividade, etc) mas mantemo-nos pela comunidade. Pelos amigos que fizemos, pelo bom ambiente do ginásio, pelo bem humor matinal daquele instrutor que todos gostam.

Essas são as verdadeiras razões que levam aos membros mais antigos a manterem-se ano após ano. Mas e se pudesse criar um ambiente (ainda mais) acolhedor? Um ambiente de que nenhum dos seus membros se quisesse separar?

Nenhuma das sugestões que vou dar de seguida são complicadas, mas requerem algum trabalho e quando postas em prática, podem trazer excelentes resultados.

1) Desafios de equipas

A mais simples das sugestões e uma que, decerto, já tinha pensado.

São vários os tipos de desafios de equipas que pode criar. Desde de que seja necessário (claro) trabalho de equipa irá funcionar perfeitamente.

Idealmente deve criar grupos aleatórios ou pelo menos juntar várias pessoas que não se conheçam. O objetivo é esse mesmo, que se conheçam.

Um exemplo de um objetivo pode ser um circuito de exercícios em modo de estafeta. Algo simples que não exiga máquinas nem exercícios complexos. Pode até definir um dia (sábado de manhã) e todas as semanas realizar esse desafio.

Era inclusive uma razão diferente para novos membros se juntarem ao ginásio!

2) Atribuir mentores

Se há algo que as comissões de praxe das faculdades fazem muito bem é o “team-building…

Não querendo entrar em discuções sobre as praxes, a verdade é que ter um padrinho/madrinha/mentor ajuda imenso na integração na faculdade, a conhecer novas pessoas e ter experiências únicas.

Pode adaptar o mesmo ao seu ginásio. Decerto há membros que já o frequentam (ou outros ginásios até) à vários anos e não se importavam nada de ajudar os novos membros a integrarem-se.

3) Dar o primeiro passo

Está a ver aquelas 2 pessoas que vêm sempre à mesma hora, fazem praticamente os mesmos exercícios, mas não se falam? Porque não dar o primeiro passo e “juntá-las”?

Basta algo tão simples como ajudarem-se uma à outra a fazer os exercícios ou a falarem sobre algo em comum.

Pode ser a diferença entre 2 membros desmotivados a considerar cancelar a subscrição para 2 membros que se motivam um ao outro e nenhum deles a considerar cancelar!

Porque é que me hei de importar com isso?

Porque são os membros que pagam as contas…

Bastam simples ações como as 3 que escrevi acima para fazer um membro sentir-se muito melhor no seu ginásio, para treinar todos os dias e, mais importante… Não cancelar a sua subscrição. Ou até mesmo trazer novos membros!

“Se não cuidar dos seus clientes, a sua competição irá!”


Bob Hooey (traduzido)

Resumindo

Os seus membros inscrevem-se pelos resultados, mas ficam pela comunidade.

Bastam simples ações de “Team-building” para ver resultados brutais e aumentar o número de meses que se mantém no seu ginásio.

3 maneiras simples de fazer esse team-building pode ser ao realizar desafios de equipas em modo de estafeta, atribuir mentores aos novos membros, ou dar o primeiro passo e colocar 2 pessoas a falarem sobre algo ou treinarem juntar.

O mais importante é que cuide dos seus membros porque são eles que pagam as contas e não se esqueça da frase do Bob Hooey.

Já agora, sabia que é possível automatizar todo o processo de acompanhamento do membro? Descubra aqui como.

Próximos passos

Responda-me na caixa de comentários em baixo:

Quando vai implementar um desafio de equipas? Qual irá ser?
E está a considerar atribuir membros mentores? Diga-nos mais!

Fábio Nunes

Customer Success Manager

Deixe um comentário